| Registrar-se

Arábia Saudita


3866258


     A  Arábia Saudita, oficialmente Reino da Arábia Saudita , é um país do Sudoeste da Ásia, sendo a maior nação do Oriente Médio. Faz fronteira com a Jordânia e com o Iraque no norte e nordeste, com o Kuwait, Catar, e Emirados Árabes Unidos no leste, com Omã no sudoeste e com o Iêmen no sul. Tem uma população estimada em 28 milhões de habitantes e seu tamanho é de cerca de 2.149.690 quilômetros quadrados.
    
    A  Arábia Saudita está localizada no coração do Oriente Médio . Grande parte de seu território é desértico, com a presença de alguns poucos oásis. A maioria dos sauditas vive em grandes cidades, tais como Riad (sede do reinado), Jidá (onde se localiza o mais importante porto do país), Meca (o coração do islã, para onde todos os muçulmanos do mundo devem peregrinar pelo menos uma vez na vida), Medina (cidade sagrada e centro cultural) e Ad Damman (produtora de petróleo).
    
     O Reino é às vezes chamado de "A Terra das Duas Mesquitas Sagradas", em referência a Meca e Medina, os dois lugares mais sagrados do Islã.
    
     Acredita-se que a Arábia Saudita era o lar original de alguns povos bíblicos, como os cananeus e os amorreus. Muitos impérios antigos dominaram o território saudita nos períodos anteriores ao nascimento de Cristo. Alexandre, o Grande, tinha planos de conquistar a região, mas morreu antes de realizá-los. O primeiro grande acontecimento que marcou a Arábia Saudita foi o nascimento de Maomé, em 570. Por seu intermédio, o islã foi fundado no século VII e, desde então, as batalhas políticas e históricas ocorridas no país ficaram restritas às várias vertentes islâmicas lutando pelo poder. 
    
     Treze séculos mais tarde, em 1938, a cultura e a economia do país não eram muito diferentes dos tempos de Maomé. O povo seguia o islamismo, enquanto camelos e tendas ocupavam os desertos. No entanto, naquele ano, o primeiro reservatório de petróleo foi descoberto e o país iniciou um amplo programa de modernização. 
    
     Desde então, o reino da Arábia Saudita tem procurado caminhar sobre uma frágil linha entre o relacionamento com o mundo exterior e o isolamento para preservar a pureza da fé islâmica. Atualmente, o país continua sendo governado por uma monarquia baseada na sharia, a lei islâmica. Em março de 1992, uma série de decretos reais criou o primeiro código de direitos do país. Não há poder legislativo e as leis são estabelecidas pelo rei e por seus ministros

Política

        A Arábia Saudita é uma monarquia absoluta, de forma que o rei não é apenas o chefe do estado mas também do governo. A lei básica adotada em 1992 declarou que Arábia Saudita é uma monarquia governada pelos filhos e pelos netos do rei Abd Al Aziz Al Saud.
       
     O país tem mostrado um profundo desprezo pelos direitos humanos. Porém, devido à pressões internacionais vem diminuindo o rigor do seu regime absolutista. Em 2005 foram convocadas as primeiras eleições municipais daquele país, eleições transtornadas, é verdade, mas foi um grande passo para um país de tradição tão rígida.
       
    Apesar de seu regime absolutista a Arábia Saudita é o principal aliado muçulmano dos EUA na região.
• Legislativo: não há.
• Partidos políticos: não há.
• Constituição em vigor: não há - o rei governa de acordo com a Sharia, a lei sagrada do islamismo.
• Organizações: Banco Mundial, FMI, ONU, Opep.

Geografia

        A Arábia Saudita é um país do sudoeste da Ásia. Ocupa 4/5 da Península Arábica e estende-se por 1950 km, de noroeste a sudeste, e por 1240 km, de sudoeste a nordeste.
       
     Em área é o maior país árabe, com uma superfície de 1 960 582 km². Está limitado pela Jordânia, pelo Iraque e pelo Kuwait, a norte; pelo golfo Pérsico, pelo Qatar, pelos Emirados Árabes Unidos e por Omã, a leste; pelo Iémen, a sul; e pelo mar Vermelho, a oeste. As cidades mais importantes são Riade, a capital, com 4 260 000 habitantes (2005), Jeddah (3 400 000 hab.) (2005), Meca (1 691 100 hab.) (2005), Medina (1 300 000 hab.), Dammam (1 300 000 hab.), Tabuk (730 000 hab) e Taif (700 000 hab.) (2005).
       
    A maior parte do território da Arábia Saudita é quase toda constituída por desertos.
       
    A  maior parte dos sauditas é etnicamente árabe.

Religião

        Na Arábia Saudita foi revelado o Alcorão pelo profeta Maomé, religião a qual denominou-se de Islão. Atualmente, a constituição do país é baseada no Alcorão, e nos resgates monoteístas que  Muhammad Abd Al-Wahhab realizou sobre o Alcorão e a Sunnah.
       
     A prática pública de qualquer outra religião que não o Islão é proibida naquele país. Esta medida é alvo de várias críticas de várias entidades no resto do mundo.
       
     De acordo com a tradição, o apóstolo Barnabé foi o primeiro a levar o evangelho à Arábia Saudita. Quando o islamismo chegou à região, já havia uma grande população de cristãos que auxiliou Maomé durante o seu exílio. Quando o islamismo assumiu o controle, no século VII, todos os cristãos foram expulsos. Desde então, nenhuma missão foi autorizada a entrar no país. 
    
    Atualmente, a maioria dos cristãos no território saudita é constituída de estrangeiros que vivem e trabalham nas bases militares ou para as companhias de petróleo. Há um pequeno grupo de cristãos sauditas não declarados, vivendo sob constante temor de serem descobertos, presos e executados. Eles encaram os novos convertidos não com júbilo, mas com medo e suspeita. Essa atitude impede o crescimento da Igreja.

        Há convertidos sauditas, mas é extremamente difícil se chegar a um número exato, pois não estão organizados em igrejas, nem em grupos domésticos. O governo não reconhece legalmente a liberdade religiosa e nem lhe dá proteção.

        A Arábia Saudita é uma monarquia islâmica sem proteção legal à liberdade de religião. O islamismo é a religião oficial e a lei exige que todos os cidadãos sejam muçulmanos. De acordo com a sharia, a apostasia (abandono do islamismo) é considerada um crime punível com a morte se o acusado não se retratar.


Dados Gerais:


Capital: Riad
Governo: Monarquia Absoluta
População: 28,5 milhões (81% urbana)
Área: 2.149.90 Km
Localização: Oriente Medio
Idioma: Arabe
Religião: Islamismo 100%


Motivos de Oração:


 

1-A Igreja sofre em função das relações pouco amistosas com o islamismo. 

Ore:

Pelo retorno das boas relações entre os líderes islâmicos e os cristãos, o que permitiria a entrada de mais trabalhadores cristãos no país. 

2-Os trabalhadores estrangeiros não podem realizar cultos. No entanto, realizam-se muitas reuniões secretas e clandestinas que o governo finge ignorar. 

Ore: 

Para que as reuniões realizadas por esses pequenos grupos continuem a ser toleradas e sejam uma fonte eficaz de testemunho e comunhão. 

3-Os muçulmanos convertidos ao cristianismo são vítimas das piores punições. Um saudita convertido ao cristianismo é considerado um apóstata e pode ser punido com a pena de morte. O rei mantém uma polícia religiosa secreta extremamente comprometida com a manutenção da tradição islâmica. Os muçulmanos que se interessam pelo cristianismo enfrentam severas conseqüências, entre as quais a mais branda é o completo isolamento de familiares, amigos, colegas de trabalho e da própria sociedade. 

Ore:

Peça que Deus dê coragem aos novos convertidos, capacitando-os a enfrentar a perseguição pelo amor ao evangelho. 

4-Asiáticos cristãos sofrem duras conseqüências por suas atividades. Cristãos filipinos, em particular, têm sido bem sucedidos em seus testemunhos. Eles chegam ao país para trabalhar em empregos humildes, como cozinheiros e empregados domésticos, e têm conseguido evangelizar seus empregadores com êxito. 

Ore: 

Pela segurança destes trabalhadores asiáticos e pelo sucesso de suas tentativas evangelísticas. 


Fonte: MCM povos

Mais nesta categoria: « Janela 10/40 Argélia »

VERSÍCULO DA SEMANA

Eu sou o Senhor, o Deus de toda a humanidade.Há alguma coisa difícil demais para mim?

(Jr 32:27)


FRASE DA SEMANA

Ele precedeu a História; Ele criou a História. Seu trono está acima do mundo e fora do tempo. Ele, o Deus eterno, reina na eternidade. ( D M Lloyd-Jones)



Newsletter

Assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades da nossa igreja.

_________________________

m2-c bt podcast m2-c bt rss

Copyright 2013 - Viva Igreja Cristã todos os direitos reservados

Confins da Terra